Paixão X Razão

Pessoas empreendedoras sonham um dia possuírem seu próprio negócio. Eu mesmo passei por isso. Entre erros e acertos deixei que a paixão dominasse minhas expectativas. A vontade de ter sucesso era tão grande que permiti que o coração falasse mais alto visualizando apenas os pontos positivos.

Quando pensei em fundar a Coleto Soluções Administrativas, usei a razão e não a paixão. Entendo que a paixão cega as pessoas. Quando se está apaixonado, os defeitos e as probabilidades de dar errado não são vistos, enxergamos somente o que queremos ver. Uma das maiores falhas que cometemos, é não planejar. A paixão faz agirmos mais e pensarmos menos.

A seguir, algumas dicas para abrir seu próprio negócio minimizando ao máximo os erros.

  • Visualize um cenário futuro e imagine-se como queres estar daqui 05 ou 10 anos;
  • Procure aconselhar-se com pessoas experientes, que possuam conhecimento e que sejam de sua confiança; 
  • Busque incansavelmente o conhecimento técnico e administrativo, pois eles serão determinantes para o sucesso inicial do negócio;
  • Procure alguém com experiência e faça um bom plano de negócio. Lembre-se que ter fé somente não basta;
  • Um pequeno negócio é como uma criança que nasce. Todo o cuidado é pouco;
  • Tenha paciência e persistência. Todo o negócio tem seu tempo certo de maturidade;
  • Entenda que no início você precisa ser o técnico, o empreendedor e o administrador do negócio;


Mensagem: “Use em primeiro lugar a razão e deixe o coração vir depois, pois ele será o combustível do seu negócio.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *